BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

sexta-feira, 1 de abril de 2011

[Rogério #100Ceni, uma marca histórica.]

Pois é meus caros. O fatídico dia chegou enfim. O centésimo gol de Rogério Ceni, e para elucidar ainda mais a ideia de 'marco', este fato aconteceu perante ao maior rival. Convenhamos que já sabíamos, que dizer isso antes seria bobagem, mera provocação de boteco.Atrairia até maus agouros, preceder o grito de gol. Porém lá foi ele, aos oito do segundo tempo, libertando aquele grito preso, escrevendo na história do mundo para todo o sempre o feito de 'goleiro matador'. Cem gols para o último homem. E ela viajou precisa, sutil, quase descrente. Acabara aí o tabu.
E não foram apenas seus 100 gols...O mais admirável no futebol de hoje, é na verdade não enxergá-lo como mercantilista, corporativista. Se render aos cifrões e desonrar os escudos. Ele não precisou ser fabricado. Amar e honrar um time, por uma vida. Afinal, são 21 anos de dedicação. Ser três vezes campeão Brasileiro, ter duas Libertadores, dois Mundiais. Resquícios de Telê Santana, que dizia: "-Porque não treinar uma hora a mais?".
Rogério 100Ceni foi muito além de uma inspiração para mim...Foi minha escolha de camisa da sorte para jogos importantes,e a mesma que foi vestindo meu grande herói em sua partida. Ele era o grande ídolo de meu avô, que mesmo vivenciando Valdir Perez, o nomeou assim.Foi o motivo que me fez perdurar a fé contínua num time muita vezes anêmico. Era o ícone de força, de liderança. Era o número 1 Tricolor de fato.
E questiono-me. Tal fato não deveria ser aclamado? tal fato deveria ter sido simplesmente pontuado? Sem maior repercussão?
Ora, precisou-se de um pouco mais de um século para tal feito ser repetido.
E sabemos do deboche, do desaforo, dos argumentos sórdidos e falhos que viriam a seguir para tentar ofuscar. Inutilmente. Tripudiando ou não, Rogério Ceni entra pra história como um goleiro artilheiro, capitão, respeitado pela torcida.
E abrirei sim, 100 caixas de rojões, porque hoje e para todo sempre, ele será 100Comparação.!

0 comentários: