BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

quarta-feira, 14 de abril de 2010

[Mais do mesmo.]

Parece mais aquele filme de sessão da tarde, que vira e mexe adentra sua casa,e você já se estafou a tal ponto, que mal pode ouvir os diálogos pobres e previsíveis, mas lá está ele, passando again pelos seus olhos...
A vida é feita de repetições inúteis, e podem até mudarem personagens, mas o enredo medíocre se propaga em todas as relações humanas.
Não importa quantas vezes tenha presenciado/vivido. Há sempre surpresas desagradáveis dentro da caixa, disso não se pode fugir.
Crer e se lamentar, abrir o coração, se entregar. E tudo isso para que? Para quem?
Se libertar de um grilhão e se acorrentar em outro. Ficar à mercê de um destino amargo de ilusões infantis, de julgamentos inapeláveis.
O VAZIO ainda tem seu endereço firmado por aqui. E a minha alegria esfuziante, é na mesma medida da tristeza que me acomete. Coisas de gente intensa, maluca, disposta a saltar sem medos.
Mas mais uma vez você vê ervas daninhas ao invés de um caminho desenhado em flores.
E mais uma vez enlouquece pela espera do NADA, se atordoa com promessas ralas e rasas, se amedronta com a capacidade de forjar.
E nada resta a menina vermelha a não ser chorar.
Achou que a fantasia de bobo da corte já estava empoeirada, jogada junto aos cds melancólicos...Mas ela estava o tempo todo, vestindo a mim...

6 comentários:

Porto Real disse...

Esta e´a realidade do nosso cotidiano,em meio a tantos espinhos sempre ha um flor a ser colhida por nos,so nos basta sermos pacientes...

Catpad disse...

que bonito =)

Lorena N. disse...

É isso! Palavras diferentes no meu pensamento, mas quem querem dizer o "mesmo" que você. Gostei muito.

Lorena N. disse...

ah, desculpe! Acabei comentando logada por outra conta.
sou do blog com-acucar-com-afeto.

Keila Costa disse...

e como se repetem as cenas e como nos deixamos iludir...bela reflexão! Abraço

Tânia Tiburzio disse...

Adorei seu texto. Parabéns!