BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

sábado, 14 de novembro de 2009

[espero]

Ora, se não fossem as noites forradas em estrelas, 'horas a fio', sintonia inquietante, eu teria sim, lhe mandado para longe, para o inferno, ou até alcançar uma distância segura. mas malditos olhares que me acercavam. Beijo, do gosto que teima em persistir. o aroma dos sorrisos que inundam.
Finjo, forjo, desassocio. Não quero pecar em vão. Não quero amar. Mas a gente tenta encontrar sempre a perfeição inexistente..
E as vezes buscar a paz, na guerra.
mas não foi permitido covardia.
Resolvi não comer pelas beiradas. Não aguardar um acaso, um motivo, uma inconsequência, para o encontro, finalmente, acontecer.
A vontade implica em reciprocidade.
A gente vive dizendo que não sangra.
Mas cada qual sabe reconhecer bem suas feridas.
Meu cotidiano agora é afetado por porções de magia.
E eu recebi sem MEDO.
Só você ainda não sabe o que fazer.
Isso porque, tudo que mais desejaria, era que você coubesse, assim, perfeitamente, dentro da minha caixinha...


[Até voltei a escrever.
Nota: #medo. ]
Bjomeliga!
;]