BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

[E eu sacio minha vontade nos desencontros.]

Vem pra mais perto...
AGORA SAI, SOME DE VEZ.
A gente não sente falta
DO PEDAÇO, DO DESCASO.
Pode continuar falando,
VAI SUMIR, E NÃO VAI SANGRAR,
NEM PERSISTIR.
Não ligue, não apareça
ESMUREÇA.
Finja euforia,
ROMANTISMO, PURO OPORTUNISMO.
Dispense essa alegoria,
EU CONHEÇO TEU BLOCO, TEU RITMO, TUA PALAVRA SEM SOM.
E eu não busco harmonia,
QUE IRONIA, NÃO??!
Devorou a maçã envenenada,
E AO INVÉS DE MORRER, SE ESBALDOU.
Sugou os sentidos todos, um a um.
E ESQUECEU.
SIMPLES ASSIM.
A cada dia uma lembrança que se perde.
A CADA NOITE, UMA ESPERANÇA QUE CRESCE,
OU QUE SE PERDE,
OU QUE SE REPETE,
OU QUE INTERFERE.
Nada como saciar a sede,
DEPOIS A GENTE JOGA O COPO FORA.
TIRA O CORPO FORA.
Ri apavorado,
DESEPERADO.
Ou só aguarda o movimento gélido dos ponteiros,
GUARDA A EMOÇÃO,
DESGUSTANDO O MAIS PURO E VAZIO DOS SENTIMENTOS.
SERÁ QUE VOCÊ SE IMPORTA?