BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

sexta-feira, 13 de março de 2009

[As rosas não liberam excrementos]

Eu percebo...Este olhar opaco, essa falta de vontade em lutar...Passam-se dias, meses.!E a cada girar desse ponteiro, desse relógio maluco, parece mais longe de se concretizar o subjetivo. O triste fim do último capítulo.
Porque antes eram injeções de sonho...E agora, só restaram agulhadas de tédio e melancolia. "As ruas são somente ruas".
E o vento soprou feito tempestade. E tudo levou consigo.
Aguardemos a morte súbita ou ainda há um último suspiro?
Derrapei em tuas curvas...E aqueci esse coração de pedregulho gélido.Afinal, estes quando se revelam são os românticos mais ferrenhos. Aqueles que oferecem o mundo numa caixa de coração com pirulitos. Ou uma dose de si, em um vidro.
Que escrevem cartas com letra de forma, que fazem biquinhos, feito criança.Que seguram as mãos com força. Que lutam diariamente contra sua sensibilidade, pois de certa forma, julgam isso como fraqueza.
Mas sua franqueza está nos olhos. Explode em tua face.
Relutemos mais uma vez o inevitável, o permitido.
E o ponteiro dá mais uma volta.
Acabou mais um dia.
De palavras vazias. De amor que se proclama. Mas que não se toca.
Ele ressoa...Nas almas aflitas, na vida sem graça,felicidade comprada, propaganda de margarina.!

0 comentários: