BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Divã???Não, prefiro minha verdade semi dita!

Para ter ciência de mim mesma,
Dispensaria a terapia,
O psiquiatra, o monge budista.
As longas reflexões exaustivas.
O distrinchar de cada partida.
De cada subjetividade,Peculiaridade,
Perversidade.

Dispensaria as más companhias,
As respostas arredias,
A comédia desmedida.

Dispensaria conselhos óbvios,
Medicamentos.
Dispensaria livros grotescos.


Dispensaria esteriótipos,
Neuróticos.
Semióticos.
Fanáticos, problemáticos,
Retrógrados e não visionários.


Dispensaria o desespero da fadiga,
Da espera, da empatia.
Do louvor, e da saída.
Dispensaria os autores de verdade humana,
De teoria profana,
De enquadramento universal.

Dispensaria o monólogo,
O jornal, o estranho ao lado que tenta me analisar.
Os ditos populares, as frases de sites.
Os panfletos de Igrejas,
De esquerda, de medicina alternativa.
Não tem manifesto de quem é suicida,
Sociopata, masoquista?

Dispensaria as frases de consolo,
A minha falta de sono.
A minha semi verdade, assim de mim.

Dispensaria a Filosofia,
A história, a arte, a física quântica.
A memória viva.
As pseudo preocupações,
Que na verdade não passam de sanções.

Dispensaria os conselhos dos consanguíneos,
De bem estar por um fascínio,
De ludibriar, ocultar nossos delírios.

Dispensaria o biotipo,
O descartável,
O biodegradável.
Ou o "assiste a tudo em cima do muro".
Dispensaria tudo aquilo que refletisse quem sou eu do avesso...
Nunca será a verdade, sobre ela, Amanda.


[Menos de 24 hras para os 24.]
[Milhões de hras para o fds.]
[Milhões de pensamentos nostálgicos e sem nome.]
[Milhões de expectivas pra não sei o que.]
[Dezembro eu to em Paris, e tenho dito!]
[Quero um presente dos céus...]
[A vida preto e branco - dica de filme]